segunda-feira, 21 agosto, 2017.

Arquivos diários: 10 de junho de 2017

Aeroporto: porque Aracati terá voos comerciais e Mossoró não?

Não adiantou o governador Robinson Faria anunciar que viria a Mossoró no seu aniversário, em 12 de abril, de avião ou a prefeita Rosalba Ciarlini telefonar para a amiga dizendo que agora seria fácil visitar a família em Recife porque Mossoró voltaria a ter voo comercial. Seis meses de promessas e o aeroporto continua sem funcionar.

Nesta semana, o aeroporto de Aracati, no Ceará, foi vistoriado para receber voos comerciais, passando à frente de Mossoró no quesito organização e vontade política, já que o aeroporto de Mossoró continua sem funcionar porque nada foi feito além de uma encenação barata de envergonhar os mossoroenses.

Para voltar a receber voos comerciais, a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), o Corpo de Bombeiros, a Azul Linhas Áreas e o próprio aeroporto apresentava 37 exigências. Destas, somente uma foi atendida, ainda em 2016, na gestão do então prefeito Francisco José Júnior, que foi a limpeza da pista.

WhatsApp Image 2017-06-09 at 21.20.10

As outras exigências são itens como câmeras de segurança, pórtico de raio x para bagagens, instalação de som no terminal, retirada da vegetação das laterais da pista e treinamento para os servidores.

Nem o Governo do Estado nem a Prefeitura de Mossoró explicam porque não conseguiram cumprir suas promessas. O fato é que Mossoró continua perdendo em desenvolvimento, em atração de novos investidores, na realização de eventos, ganhando apenas em desemprego e violência, e vendo mais uma vez o poder público do vizinho Ceará empenhado em levar desenvolvimento para a capital e interior do Estado.

Tião cresce para o governo do Estado após prisão de Henrique Alves

A prisão do ex-deputado federal Henrique Alves e o suposto envolvimento de todos os políticos tradicionais do Rio Grande do Norte com a Operação Lava-Jato e outras operações que investigam corrupção estão despertando na população potiguar o desejo de mudança na política.

Um nome que começa a ganhar força é o do empresário Tião Couto, candidato a prefeito de Mossoró em 2016. Nunca tendo sido candidato a qualquer cargo eletivo, Tião surgiu em Mossoró como o “novo” e superou todas as expectativas, chegando a gerar temor na então “prefeita de férias”, a ex-governadora e também citada nas delações da Lava-Jato, Rosalba Ciarlini.

Tião também conta com o apoio da classe empresarial de grande parte do Estado, reunindo condições de pensar em uma pré-candidatura para 2018.

Mossoró possui tradição em eleger governadores no Rio Grande do Norte ou ser fator determinante para a definição da eleição, como aconteceu com o atual governador Robinson Faria, eleito graças ao desempenho que obteve na capital do oeste potiguar.

Outros nomes ainda devem surgir nos próximos meses, mas é certo que o eleitor potiguar deverá mesmo optar pelo novo.

Veja também