terça-feira, 17 outubro, 2017.

Arquivos diários: 15 de junho de 2017

Manifestantes fazem protesto com mil cruzes em Ponta Negra

Mil cruzes foram colocadas na areia da praia de Ponta Negra, em Natal, na manhã desta quinta-feira (15), em um ato contra a violência.

O objetivo era chamar a atenção para as mais de mil  vítimas de mortes violentas só deste ano, no Rio Grande do Norte.

Até hoje, segundo relatório do Observatório da Violência (OBVI), foram 1.114 pessoas assassinadas no Estado, um índice 26% maior do que o do mesmo período do ano passado.

Prefeitura prioriza Aviões e estreia do Chuva de Bala é adiada

Ficou para amanhã, 16, caso a Prefeitura de Mossoró consiga cumprir todas as normas de segurança exigidas, a estreia do espetáculo Chuva de Bala no País de Mossoró.

A estreia estava prevista para hoje, mas por problemas na estrutura, não houve a liberação do Corpo de Bombeiros.

Já a estrutura da Estação das Artes, incluindo palcos e camarotes, foi liberada graças a uma força-tarefa da Prefeitura para conseguir cumprir todos os itens.

Entre os artistas do Chuva de Bala um misto de tristeza e alívio. Tristeza pelo tratamento direcionado pela prefeitura que preferiu os artistas locais diante do show milionário da Estação das Artes, e de alívio em saber que suas vidas não estarão ameaçadas enquanto se apresentam no palco destinado ao espetáculo.

Prefeitura volta atrás e libera acesso com bebidas no Mossoró Cidade Junina

Após grande polêmica em torno da proibição do acesso à Estação das Artes com bebidas alcoólicas, a Prefeitura de Mossoró divulgou nota de esclarecimento com a liberação da bebida, desde que esteja em recipientes plásticos, como garrafas pet.

Veja a nota na íntegra

Nota de esclarecimento

A Prefeitura de Mossoró corrige a informação sobre o consumo de bebidas durante os shows na Estação das Artes. A orientação da Secretaria de Segurança Pública é de que é permitido levar a própria bebida, desde que esta esteja em recipientes plásticos, tais como garrafas pet.

A PMM reforça a preocupação com a segurança e diz que todas as medidas adotadas tem o único objetivo de garantir a integridade de quem participa da festa.

Proibição de bebidas na Estação pode ser exigência de patrocinador

A justificativa apresentada pela Prefeitura de Mossoró para proibir a entrada de bebidas na Estação das Artes durante os shows do Mossoró Cidade Junina não convenceu. A Prefeitura proibiu a entrada de qualquer bebida, em qualquer embalagem, na Estação alegando motivos de segurança.
A proibição, no entanto, pode ser uma forma do município garantir o cumprimento da cláusula de exclusividade bastante comum em contratos de patrocínios com empresas de bebidas, e assim garantir que somente produtos de uma determinada marca, o que inclui refrigerantes e água sejam consumidos no evento, garantindo assim o retorno do investimento do patrocinador.

Há pelo menos 10 anos é permitida somente a entrada de bebidas em embalagens plásticas, o que faz sentido ser apresentado como motivo a segurança.

Portal da Transparência desmente discurso de Rosalba

Apesar da Prefeitura de Mossoró ter informado que os R$ 240 mil pagos à banda Aviões do Forró, que talvez se apresente hoje em Mossoró, foi decorrente de recurso carimbado para o Mossoró Cidade Junina, o Portal da Transparência do município comprova que mais uma vez a prefeita Rosalba falta com a verdade em seus cada vez menos inflamados discursos do Adoro Mossoró.

Segundo o Portal da Transparência os recursos são provenientes da chamada “Fonte 100”, ou seja, são recursos próprios do município que podem ser utilizados em qualquer área, como saúde, educação, infraestrutura…

O “esforço” da Prefeitura em sacrificar os serviços básicos para a população em nome de engrandecer o evento com uma das bandas de maior sucesso no país, no entanto, pode não ter valido a pena. Até o momento ainda não houve liberação da estrutura do Mossoró Cidade Junina, interditado desde o dia 14 por falta de alvarás.

Veja também