terça-feira, 21 novembro, 2017.

Arquivos diários: 28 de junho de 2017

Natal, Mossoró, Caicó e Currais Novos terão mobilizações contra Reformas

Um grande protesto, em todo o país, está sendo organizado para a próxima sexta-feira (30). Os manifestantes protestam contra as reformas trabalhista e previdenciária, além de exigir o Fora Temer e a realização de Diretas Já.

Mossoró tem concentração marcada em frente à Igreja do Alto de São Manoel, às 15h. Na programação está incluída a realização do “Arraiá da Resistência”, com apresentação de artistas locais.

Veja a programação nas demais cidades:

DDbplLwWAAInNXq

Projeto de inclusão social beneficia pessoas com Deficiência

A Comissão de Direitos Humanos, Trabalho e Minorias se reuniu, na manhã desta terça-feira (27), aprovando quatro Projetos de Lei. A presidente, vereadora Natália Bonavides (PT), falou sobre o andamento dos trabalhos da Comissão. “A gente tem tentado alternar entre reuniões para trabalhar com as pautas de aprovação de leis e relatórios e reuniões com movimentos sociais, ouvindo denúncias e suas necessidades”, afirmou a vereadora.

 

De acordo com a vereadora é através dos debates com os movimentos sociais que a Comissão é alimentada para pautar Projetos que busquem melhorias e o cumprimento dos direitos humanos, trabalho e minorias.

“Nós fizemos um debate na Comissão sobre as pessoas trans e a dificuldade que elas têm de acessar o mercado de trabalho e através dos depoimentos criamos uma emenda no Plano Plurianual  que destina para o Projeto Transcidadania o valor de 2 milhões ao longo dos próximos quatro anos. A emenda foi aprovada e o Projeto vai contemplar qualificação profissional, formação e educação para que o público trans possa começar a se inserir no mercado de trabalho”, explicou Natália Bonavides.

 

Dentre os Projetos aprovados estão o 94/2016, do vereador Sandro Pimentel (PSOL), e o 42/2016, do vereador Ubaldo Fernandes (PMDB).

O vereador Sandro Pimentel falou sobre o Projeto de sua autoria que institui o “Setembro Verde” que marca o mês da inclusão social da pessoa com deficiência . “Nosso objetivo é conscientizar a sociedade sobre a importância das pessoas com deficiência, sobre uma parcela da sociedade que muitas vezes é invisível aos olhos do poder público. Que nesse mês a gente possa desenvolver políticas públicas, realizar grandes eventos e trazer a consciência política e cidadã, além de mostrar que é digno a inserção dessas pessoas com deficiência na sociedade”, disse Sandro.

 

Sobre o Projeto 42/2016 do vereador Ubaldo Fernandes, que altera a Lei de taxa de exumação no município de Natal, o vereador Preto Aquino (PEN) disse que a aprovação do Projeto é de suma relevância, principalmente, para a sociedade carente da cidade.

“O Projeto vai beneficiar aquelas pessoas que na hora da dor precisam do município. Precisam que o município libere as taxas de sepultamento e exumação porque atualmente ele cobra as taxas mesmo o cidadão provando que não tem condições de arcar com as despesas. Com a aprovação desse projeto as famílias ficarão isentas de pagar as taxas, portanto é um Projeto muito importante para a cidade de Natal”, afirmou o vereador.

 

Texto: Karol Fernandes

Fotos: Marcelo Barroso

UERN decreta luto oficial por três dias pelo falecimento de diretora do Campus de Pau dos Ferros

É com pesar que a Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) registra o falecimento da professora Dra. Joseney Rodrigues de Queiroz Dantas, diretora do Campus Avançado Profa. Maria Elisa de Albuquerque Maia (CAMEAM) sediado em Pau dos Ferros.

A professora Joseney Queiroz ocupava o cargo de diretora desde 19 de abril de 2016.

Ela sofreu um acidente automobilístico entre as cidades de Triunfo Potiguar e Paraú na região Oeste do Rio Grande do Norte.

A professora Joseney estava nos quadros da UERN desde 03 de março de 1998 lotada no Departamento de Economia de Economia do CAMEAM.

A bandeira da UERN já foi colocada a meio mastro na Reitoria e foi decretado luto oficial de três dias na universidade.

Audiência debate crise política, eleições diretas, reforma e greve geral

Com a convocação de uma greve geral para a próxima sexta-feira (30) foi realizada nesta manhã (28) uma audiência pública na Câmara Municipal de Natal, proposta pelo vereador Sandro Pimentel (PSOL), para debater a atual crise política, corrupção, eleições diretas para presidente e mobilização para o movimento grevista. Participaram militantes de movimento sociais, sindicalistas, além dos vereadores Klaus Araújo (SD), Sueldo Medeiros (PHS) e Eleika Bezerra (PSL).

Sandro Pimentel destacou que os governos municipal, estadual e federal sofrem com o descrédito da população, num contexto de crises econômica, social e política em que reformas impopulares estão tramitando no congresso e os escândalos de corrupção atingem a maioria dos parlamentares. “Quem não se sente contemplado com essa situação e reformas tem que sair das redes sociais e das conversas particulares e levar essa insatisfação para as ruas. A classe política treme quando a população vai às ruas protestar”, pontuou o vereador.

Essa mobilização foi defendida pelos representantes de sindicatos e movimentos sociais presentes. Dário Barbosa, da CSP-Conlutas, relatou que a crise econômica leva à crise política, mas que existe a crise social que é ainda pior. Além disso, destaca que para mudar o quadro político atingido pelos escândalos de corrupção uma eleição direta para presidente não resolve, mas que é preciso processo eleitoral para todos os cargos. “Eleições diretas nem sempre resolvem. Temos um congresso corrupto, um presidente investigado e eles não vão defender os interesses do povo, da classe trabalhadora. Nesse momento o povo tem que ir para as ruas e exigir eleições gerais para todos, com novas regras e mais igualdade para todos os partidos”, sugere o sindicalista.

Para o representante do movimento nacional de juventude JUNTOS, Anderson Castro, cabe aos jovens reforçarem o movimento de protesto junto à classe trabalhadora contra matérias impopulares que tramitam no congresso, como as reformas da Previdência e Trabalhista, bem como a lei das Terceirizações. “Pelo poder de mobilização que estas duas classes têm precisam estar unidas. A crise não foi causada pela população, mas os cortes nos orçamentos de serviços básicos e as reformas miniminizam nossos direitos”, disse. O Presidente da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB-RN), Moacir Soares, reforçou que a mobilização nas ruas é a principal ferramenta para mudar a realidade que o país vive hoje. “São direitos conquistados ao longo de décadas que estão sendo retirados. Para lutar contra esse retrocesso, o povo tem que ir às ruas nesta sexta-feira e mostrar que estamos resistentes”, disse.

Confira a audiência Pública pelo canal da TV Câmara: https://www.youtube.com/watch?v=PLu_OfHc99M

Texto: Cláudio Oliveira
Fotos: Marcelo Barroso

Diretora do Campus da UERN em Pau dos Ferros morre em acidente de carro

Um trágico acidente na rodovia RN-233, entre Triunfo Potiguar e Paraú, matou a diretora do Campus da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) em Pau dos Ferros, Joseney Rodrigues (42 anos) na tarde desta quarta-feira (28).

Segundo testemunhas, o carro em que ela viajava bateu em um caminhão e caiu no Açude do Maxixe. Além da diretora da UERN, morreram seu filho, sua mãe, identificada como Josefa Gomes de Queiroz; 75 anos; e uma outra mulher, identificada como Bruna Queiroz de Carvalho, de 25 anos.

Veja também