terça-feira, 17 outubro, 2017.

Arquivos diários: 4 de agosto de 2017

Microempresa recém-criada irá receber quase R$ 1 milhão sem licitação para colocar aeroporto de Mossoró para funcionar

 

O governador Robinson Faria tenta mais uma vez colocar o aeroporto de Mossoró para funcionar. A intenção é boa, porém, a tentativa pode ser, no mínimo, suspeita.

É que o governador contratou sem licitação uma empresa criada há menos de cinco meses. Trata-se da empresa Consultear Consultoria e Administração Aeroportuária Eireli – ME, com sede em Goiás. O contrato emergencial é de R$ 180 dias, e o valor do contrato é de R$ 900 mil.

O diretor do DER, Jorge Fraxe, garante que a empresa tem condições de colocar o aeroporto para funcionar. “Nós jamais entregaríamos uma missão de certificação de aeroporto nas mãos de um leigo”, afirmou o diretor, complementando que para a ANAC o aeroporto está “largado”

O diretor da empresa diz que estará em Mossoró em breve para esclarecimentos à imprensa.

 

Quatro prefeituras do RN devem quase R$ 70 milhões de FGTS

 

Um ranking que os municípios potiguares não queriam estar em posição de destaque. Quatro municípios do Rio Grande do Norte devem. juntos, R$ 69,4 milhões de FGTS e . estão entre os 20 órgãos da administração pública que mais devem ao Fundo de Garantia por Tempo de Serviço. As prefeituras potiguares não reconhecem os valores a pagar.

Sao elas: São Gonçalo do Amarante, São José de Mipibu, Pau dos Ferros e Macau.

São Gonçalo do Amarante possui a terceira maior divida do país, no valor de R$ 29.109.317,98. Já São José de Mipibu, ocupa o quinto lugar.

As prefeituras, no entanto, não reconhecem a dívida.

Veja também