PF pede novo prazo para concluir investigações sobre envolvimento de Rosalba e Robinson na Lava-Jato

A Polícia Federal solicitou ao Supremo Tribunal Federal  (STF) a prorrogação do prazo para a conclusão das investigações sobre o envolvimento do governador do RN, Robinson Faria, da prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini e do deputado federal Fábio Faria no esquema de corrupção investigado pela Operação Lava-Jato.

Rosalba, Robinson e Fábio são suspeitos de terem recebido propina da empreiteira Odebrecht durante as eleições de 2010, quando Rosalba foi eleita governadora tendo como você, Robinson Faria, e Fábio Faria foi reeleito deputado federal. Segunfo as delações, em troca, quando eleitos, os dois teriam que beneficiar a empreiteira no processo de privatização da CAERN. Ainda segundo as delações, o esquema só não se consumou porque a empreiteira perdeu o interesse na concessionária de águas e esgotos do RN.

Compete à ministra Rosa Weber a análise do pedido de prorrogação do prazo para a conclusão das investigações.

Deixe uma resposta