Robinson também tem culpa, mas aumento da violência é herança da incompetência de Rosalba

O jornal norte-americano Los Angeles Times publicou uma reportagem em seu site na Internet sobre o aumento da violência no Rio Grande do Norte.

O título da matéria é: “O Rio Grande do Norte é um dos lugares mais mortíferos do mundo”.

diz a chamada de capa da reportagem:

“Natal, a capital do estado do Rio Grande do Norte, no Nordeste do Brasil, já atingiu níveis astronômicos bem antes de uma rebelião de prisão no penitenciário estadual de Alcaçuz, que matou 26 presos. O número de homicídios no estado aumentou 232% entre 2005 e 2015, de acordo com o Atlas de Violência de 2017, compilado pelo Institute of Applied Economic Research. Nos primeiros oito meses de 2017, 1.558 pessoas foram assassinadas, um aumento de 25,5% em relação ao mesmo período do ano passado. No fim de semana, de 18 a 20 de agosto, 23 pessoas foram vítimas de homicídio”.

OBSERVAÇÃO DO BLOG: Nós todos sabemos que o governador Robinson Faria é um incompetente e levou o Estado a uma crise sem tamanho na área de segurança. Natal e Mossoró encabeçam as listas de cidades mais violentas do Brasil. 

Mas é preciso dizer uma verdade. Que a ex-governadora ROSALBA CIARLINI é uma peça com grande responsabilidade no caos em que nos encontramos. Rosalba passou quatro anos desenhando a insegurança do RN para o futuro. Sem investimentos em segurança, sem concurso público, sem planejamento, Rosalba entregou a Robinson um “prato feito”. 

O pior é a cara de pau da atual prefeita de Mossoró que faz discursos na mídia cobrando do governador atual ações de segurança em favor de Mossoró. Sem noção. Sem vergonha.

Por Neto Queiroz (www.netoqueiroz.com.br)

Rosalba-e-Robinson

Deixe uma resposta