terça-feira, 20 fevereiro, 2018.
Mossoró

Mossoró

Janeiro de 2017: Mossoró bate recorde em repasses dos governos estadual e federal

Enquanto em janeiro de 2016 Mossoró recebeu o menor valor em repasses do Governo Federal e do Estado dos últimos quatro anos, janeiro de 2017 bateu recorde positivo, obtendo o maior valor em repasses do mesmo período.

O município recebeu quase R$ 4 milhões a mais que no ano anterior, somente de recursos advindos de transferências constitucionais da União e do Governo do Estado.

O total de repasse para os cofres da Prefeitura de Mossoró referente a impostos como ICMS, ISS, CID, entre outros, além de royalties, FPM e Fundeb, em janeiro de 2017 foi de R$ 26.843.114,43. Já em janeiro de 2016, Mossoró recebeu R$ 22.892.637,88.

Os dados constam no Demonstrativo de Distribuição de Arrecadação do Banco do Brasil.

 

Guardas aceitam proposta da Prefeitura e suspendem movimento grevista

O Sindicato dos Guardas Civis Municipais do Rio Grande do Norte (SindGuardas/RN) resolveu suspender a greve, que já durava mais de 40 dias. A categoria foi recebida pela prefeita Rosalba Ciarlini após realização de ato público na última quinta-feira, 2.

Durante toda a manifestação os servidores denunciaram os abusos da prefeita Rosalba Ciarlini e do secretário de segurança pública, Eliéser Girão, cometidos contra os trabalhadores. Segundo o sindicato, são atitudes reacionárias e antisindicais que adotam o abuso de poder como prática política na Prefeitura de Mossoró.

Na reunião com o sindicato foram assegurados o pagamento das diárias operacionais referente aos meses de agosto, setembro e outubro para o dia 11 de fevereiro.

Também foi assegurado o compromisso de pagar o mês de novembro com o décimo terceiro dos servidores. Já o pagamento de dezembro será discutido no próximo dia 22.

Rosalba nomeia investigada pelo Ministério Público para chefia de gabinete de secretaria

A caneta da prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini, voltou a funcionar. Nesta quinta-feira, 2, foram publicadas em edição extraordinária do Jornal Oficial de Mossoró, mais uma série de nomeações de cargos comissionados. Nomes ligados ao Rosalbismo, que esperavam pela regularização nos cargos, já que de fato, muitos já haviam ocupado os espaços.

Entre as nomeações, chama a atenção a da chefe de gabinete da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Social e Juventude, senhora Kelly Tandrianny de Souza Ramos. Ela é uma das investigadas pelo Ministério Público na Operação Anarriê.

portaria_kellytandriannydesouzaramos   mp

Em 17 de março de 2016, o Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), por meio das Promotorias de Justiça de Defesa do Patrimônio Público de Mossoró, do Grupo de Atuação Regional de Defesa do Patrimônio Público (GARPP) e do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO), com apoio da Polícia Militar, deflagrou a Operação Anarriê, buscando descortinar grupo criminoso constituído para desviar recursos públicos empregados no evento cultural Mossoró Cidade Junina, realizado entre os anos de 2013 e 2014, cuja organização criminosa tramou refinada engrenagem delituosa instalada nos organismos públicos do Município de Mossoró responsáveis pela execução da citada festividade junina.

Robinson desmente secretário e diz que não considera construção de presídio em Mossoró

Após grande mobilização nas redes sociais contra a construção de mais um presídio em Mossoró, o governador Robinson Faria (PSD) “esclareceu” aos mossoroenses, através de seu perfil no Twitter, que não cogita construir um presídio na cidade, que já conta com uma penitenciária estadual e uma federal, além da cadeia pública.

robinson_presidio

O anúncio da construção do presídio em Mossoró foi feito pelo secretário de Justiça e Cidadania do Governo do Estado, Walber Virgulino, no dia 11 de janeiro, em entrevista ao Bom Dia, RN, da Inter TV Cabugi.

Ele justificou afirmando que o RN tem um déficit de 4,5 mil vagas, e que é mais que urgente a construção de novas unidades. Segundo o secretário, o RN ganhará mais três unidades prisionais durante sua gestão. “Temos a Cadeia Pública de Ceará-Mirim, um presídio estadual com capacidade para 600 presos em Afonso Bezerra e agora esta em Mossoró”, disse.

 

Guarda Municipal de Mossoró realiza Marcha Azul Marinho nesta quinta-feira

O Sindicato de Guardas Municipais do Estado do Rio Grande do Norte (Sindguardas RN) está convocando os guardas municipais de Mossoró para participar de ato público nesta quinta-feira, 2, em defesa dos direitos, garantias e fortalecimento da categoria.

A Marcha Azul Marinho está prevista para ter início às 8h, com café da manhã na Estação das Artes, de onde os guardas, fardados, seguirão até a Praça do Pax.

Veja também