domingo, 25 junho, 2017.
Opinião

Opinião

Para advogado, liberação do MCJ é absurda

Se fosse no governo de Silveira, o mundo tinha caído e a imprensa comprada estaria estampando nas primeiras páginas, como ocorreu no ano passado. Mas… estamos no País de Mossoró, onde existem os INTOCÁVEIS.

Lamento. A lei é pra todos e não para uma parte. O Nogueirao faz parte da Sociedade e desde outubro/16 que estamos (desportistas) lutando pela liberação do Nogueirao. Mossoró mostrou-se a terra da resistência e da Liberdade, mas apareceu aqui em Mossoró um novo Virgulino Lampião, revestido de CMB, chamado Cap. Daniel e impôs aos políticos a Lei (que diga-se de passagem é aplicada pela legislação do Estado de São Paulo, aliás não são leis e sim Instruções Técnicas do Estado de SP).

Méritos ao Capitão, que mostrou força e não tenho nada contra, mas o tratamento que foi dado ao MCJ deveria ter sido o mesmo dado na nossa praça futebolística. Lamentável. Essa é minha opinião. Se não liberou o NOGUEIRÃO, que é menos grave, que não se libere o MCJ, que é extremamente mais grave e põe em risco a população, num geral.

Minha opinião, respeito a dos demais, mas não poderia deixar de mostrar minha indignação. VERGONHA. ISSO SE CHAMA SAFADEZA E SUBMISSÃO.

Abraão Dutra Advogado.

Lava-Jato já havia chegado a Mossoró antes da delação da JBS

A Lava Jato já havia chegado a Mossoró através de suposto recebimento de propina pela prefeita Rosalba.

Só lembrando, Rosalba havia recebido o codinome de “Carrossel”.

Agora, a JBS implica alguns políticos do nosso Estado, dentre eles Robinson e Fábio Faria.

Imagina quando a OAS começar a falar sobre a obra da Arena das Dunas…

Depois das BICs, bandidos atacam delegacia

A ordem é para tocar o terror não só na população, mas também no Estado e na Polícia. As ações dos bandidos só neste ano no Rio Grande do Norte mostram que eles não respeitam mais ninguém e a intenção parece ser minimizar os únicos que poderiam freá-los. Exemplo disso, são os ataques a equipamentos das forças de segurança em Mossoró que vem acontecendo seguidamente sem que ninguém seja preso.

Na madrugada desta quarta-feira, 15, bandidos atiraram contra e atearam fogo no prédio da 2ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Mossoró. A sorte é que um policial e um guarda civil chegaram a tempo de apagarem o incêndio. Entre os dias 9 e 10, três contêineres usadas como Bases Integradas Cidadãs, onde deveriam ficar policiais militares e guardas civil, foram incendiadas e alvejadas por tiros.

Até o momento, ninguém foi apontado como mandante dos crimes. Neste meio tempo, ainda houve o latrocínio de um comerciante na cidade e uma chacina que vitimou cinco jovens e deixou diversos feridos. Nas últimas 24h, informações dão conta que de 7 carros foram tomados de assalto e um carro-forte foi destruído com explosivos na BR-304, mas até o momento não houve qualquer resposta do Estado nem da Polícia.

A população quer saber por quanto tempo esse caos ainda vai perdurar, ou se este será o cenário natural no Estado que tem um político eleito para ser o governador da Segurança.

O silêncio de Rosalba sobre a insegurança em Mossoró

Foto: News 360

Nos bastidores da política local, muita gente estranha – inclusive aliados – o fato de a prefeita Rosalba Ciarlni não ter se manifestado oficialmente sobre a crítica situação de insegurança na cidade. Mesmo depois da chacina que vitimou cinco jovens e deixou outros gravemente feridos, não se viu qualquer manifestação da parte dela.

Foto: Mossoró Notícias
Foto: Mossoró Notícias

Como o governador Robinson Faria, novo-velho aliado, também não falou nada, há quem diga que ela está tirando o corpo fora para não se “queimar” com os acontecimentos. No entanto, parece muito estranho que uma prefeita não tenha nada a dizer sobre tanta violência, principalmente numa gestão que tem uma secretaria de Segurança.

Ao contrário de Rosalba, o prefeito de Apodi, Alan Silveira, agiu rápido quando tentaram incendiar a sede da Prefeitura de lá, na madrugada do sábado, 11, poucas horas antes da chacina em Mossoró. Ele lançou uma nota dizendo que a violência não irá intimidar sua gestão.

Alan disse na nota ainda que levará a sério e até as últimas consequências o ato criminoso de vandalismo que foi praticado na cidade. Aqui em Mossoró, nem a ação de bandidos que destruíram com fogo e bala três contêineres onde funcionavam as Bases Integradas Cidadãs, da Prefeitura, gerou qualquer posicionamento de Rosalba.

Depois de acabar com as BICs, é provável que a prefeita acabe, na próxima reforma administrativa, com a Secretaria de Segurança Pública da cidade e o motivo é não querer se envolver neste problema que, na visão dela, é responsabilidade unicamente do Estado.

Rosalba Governadora

Foto: Josemar Gonçalves/Reuters
Foto: Josemar Gonçalves/Reuters

Pode ser que muitos esqueçam, mas antes de ser prefeita, Rosalba foi governadora do RN. O próprio Robinson Faria a acusa de ser responsável por parte dos problemas da segurança no Estado e motivos ele tinha para dizer isso.

É que Rosalba é alvo de ação do Ministério Público Federal e Ministério Público do Estado por devolver R$ 14,3 milhões ao governo federal que deveriam ser utilizados na construção de unidades e reforma em unidades prisionais potiguares.

Segundo representantes do MPF e MP/RN, os recursos devolvidos ao Departamento Penitenciário Federal (DEPEN) dariam para criar mais de 1.500 novas vagas para internos do sistema penitenciário estadual. “No entanto, por absoluta inação, nenhuma delas foi criada, tendo havido a devolução de milhões de reais em verbas federais, além de ter sido frustrada a liberação de outros milhões”, diz o processo.

PROVOCAÇÕES

Foto: Carlos Costa

O recado da Previ
A posse do empresário Elviro Rebouças no Instituto Municipal de Previdência Social – PREVI/Mossoró, não foi apenas um gesto administrativo, mas também um recado para um vereador que contava com esta indicação. A mensagem de Carlos Augusto Rosado foi direta, mostrando que embora tenha se comprometido, no final quem indica no governo é ele. O vereador que virou as costas para quem lhe elegeu pagou para ver, viu, não gostou e terá de ficar quieto.

Repercussão no carnaval.
Dois fatos repercutiram no carnaval deste ano: as vaias a Michel Temer e as placas de Rosalba na RN-013. Inventaram que tinha sido uma ação do “povo de Tibau”, mas o trabalho foi tão mal feito que até as letras são idênticas as usadas pela assessoria de imprensa da Prefeita. Ela está de olho no Senado, mas ninguém sabe se ela avisou por Natal dessa pretensão. Tem deputado incomodado com o salto alto da Rosa.

Rosalba já quebrou a palavra, de novo.
Outro assunto muito falado foi as novas nomeações de cargos comissionados. Quanto a isso, nenhum problema, afinal os cargos existem e a prefeita tem direito de indicar quem quiser. O problema é que ela não apenas prometeu que só nomearia 50% dos cargos, como baixou um decreto assegurando isso, mas descumpriu. Com os últimos 51 nomeados, já são 349 nomeações, mais que a metade dos cargos existentes, e vai ter mais.

Izabel mão de ferro
A vereadora Izabel Montenegro, presidente da Câmara, quer fazer história. Promete construir a sede nova do Legislativo, mas enquanto não consegue os recursos já decidiu que vai mudar os vereadores de lugar. Não aceitou a imposição do locatário que queria aumentar em 30% o aluguel do prédio e já analisa outros lugares para realizar as sessões. O povo apoia a atitude, principalmente se for num lugar onde se possa estacionar os carros. Atualmente ela trabalha com duas possibilidades: o prédio do antigo Hotel São Luiz e a SAMEC que foi usada recentemente como comitê de Tião Couto.

As grávidas vão ficar
A Justiça está mandando a prefeita Rosalba Ciarlini recontratar as grávidas que demitiu ao assumir a Prefeitura. Embora fossem cargos comissionados, elas estão amparadas por lei e por isso ou retornam ao posto ou têm o direito de serem indenizadas. A médica é linha dura, mas dessa vez sua insensibilidade terá um preço.

Memorial sem segurança
O arrombamento da lojinha do Memorial da Resistência é mais um indício de que Mossoró está entregue às baratas quando o tema é Segurança. Antes, as Bases Integradas Cidadãs davam um suporte, agora sem elas o caos é total. Enquanto a prefeita Rosalba lava as mãos e o governador Robinson Faria visita a China, o mossoroense fica ao Deus dará enclausurado dentro da própria casa.

Carnaval de Caicó foi sucesso, apesar do Xerife
Caicó consolida, a cada ano, o título de maior e melhor carnaval do Rio Grande do Norte, mantendo a tradição dos blocos de rua, do frevo e dos bonecos gigantes. É uma festa pacata e segura, mas neste ano o blogueiro Robson Pires, que se auto intitula Xerife, resolveu queimar o filme da cidade e atirar contra a casa de uma idosa – isso mesmo, uma idosa. A briga é de família, mas todo mundo correu perigo.

Veja também