segunda-feira, 23 outubro, 2017.
Política

Política

George Soares se manifesta a favor dos aposentados da UERN

NOTA DO DEPUTADO ESTADUAL GEORGE SOARES SOBRE OS APOSENTADOS DA UERN

Venho através desta nota, emitir meu apoio aos aposentados da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte na luta para a manutenção de suas aposentadorias na folha de pagamento da UERN. O governo quer passar a responsabilidade para o IPERN, porém os aposentados perderão uma série de direitos adquiridos se essa transferência acontecer.

A permanência dos aposentados significa a valorização e o reconhecimento de pessoas que há 49 anos vem construindo uma universidade que conquistou lugar de destaque no ensino superior do RN.

Como grande apoiador da educação pública estadual de qualidade, espero que o governo reveja seus planos e que os aposentados da nossa universidade permaneçam lotados onde historicamente trilharam com dignidade o trabalho de apoio a educação superior estadual.

George Montenegro Soares
Deputado Estadual

 

Outubro Rosa: Assembleia Legislativa do RN lança campanha “Doe Lenços” na próxima semana

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte dará início, na segunda-feira (16), à campanha “Doe Lenços”. A campanha, criada pelas Secretarias de Saúde e da Mulher da União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale), em parceria com todas as Assembleias Legislativas brasileiras, acontece em função do movimento Outubro Rosa, de conscientização às mulheres sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama.

A Assembleia definirá pontos para arrecadação de lenços que serão encaminhados, depois, à uma instituição que atua junto a mulheres em tratamento da doença. A divulgação também está sendo feita pela TV Assembleia, por meio de um vídeo institucional pela Associação Brasileira de Televisões e Rádios Legislativas (ASTRAL).

O período de arrecadação do lenço será de 16 a 27 de outubro e a instituição que receberá os lenços será indicada pela Comissão de Saúde da Casa. A entrega deverá ser realizada nos dias 30 ou 31 de outubro, fechando o mês da campanha do Outubro Rosa.

Como parte da programação do Outubro Rosa, a Assembleia Legislativa promoveu, em parceria com os Grupos Reviver e Despertar, e a Rede Feminina Contra o Câncer, uma Sessão Solene proposta pela deputada estadual Cristiane Dantas (PCdoB) e presidida pelo presidente da Assembleia, Ezequiel Ferreira de Souza (PMDB). “Contribuir com essas entidades é sempre muito gratificante, principalmente, quando se constata o benefício de impactar as pessoas trazendo conforto e bem estar”, justificou o presidente da Assembleia.

Em parceria com o Grupo Reviver, a Assembleia lançou, pelo terceiro ano consecutivo, um mutirão para realização de exames de mamografia, onde uma unidade móvel se instalou na frente da sede do legislativo, e seguirá, até o final do mês, para outros pontos da capital. “Há uma fila de milhares de mulheres em busca de mamografias na rede pública e um pouco desta demanda reprimida chega para atendimento durante o Outubro Rosa. A Casa Legislativa junto com as voluntárias do Grupo Reviver contribui para a prevenção do Câncer de Mama há três anos, e ao detectar casos da doença, já efetua o encaminhamento para o início do tratamento”, explicou o deputado Ezequiel Ferreira.

É de autoria de Ezequiel, a Lei aprovada e sancionada em 2015, que instituiu no calendário oficial do Estado do Rio Grande do Norte, o movimento ‘Outubro Rosa’.

Prefeitura de Natal presta esclarecimentos na Câmara sobre fechamento do posto de saúde da Guarita

Atendendo convocação oficial da Câmara Municipal de Natal, a equipe da Secretaria de Saúde prestou esclarecimentos sobre o fechamento do posto de saúde da Guarita, no Alecrim, em Natal.

Durante uma visita fiscalizatória, na semana passada, os parlamentares encontraram o prédio onde funcionava a unidade básica fechado, para revolta da população, que agora precisa buscar atendimento médico em outro local. Na ocasião, lideranças comunitárias e moradores marcaram presença nas galerias do parlamento natalense.

De acordo com a secretária-adjunta Genilce Maciel, a Prefeitura estuda a possibilidade de locação de um prédio onde antes funcionava uma igreja e hoje se encontra desocupado. “Dito isso, nossa proposta é alugar este espaço e fazer as adequações necessárias para trazer a unidade de volta para o bairro. A partir do momento que conseguirmos locar o prédio, poderemos estabelecer um prazo para as adaptações, que deve estar concluídas em poucos meses”.

Ela criticou a determinação do Conselho Federal de Medicina que proíbe enfermeiros de realizarem procedimentos básicos para agilizar o atendimento da população. “Temos uma situação bastante incômoda. Lamentamos este caos que a saúde pública atravessa atualmente no Brasil, colocando em risco a vida de milhões de pessoas”, declarou Genilce. “Esperamos que as autoridades tomem alguma providência para que esta decisão seja revertida, porque isso vai gerar um colapso ao atendimento público no país inteiro”, completou.

“Não podemos aceitar que uma unidade básica de saúde continue fechada e a população enfrentando dificuldades. As autoridades alegaram problemas de infraestrutura no antigo prédio e informaram que já iniciaram os procedimentos para alugar um imóvel a fim de solucionar a questão. Agora é cobrar e fiscalizar até que tudo esteja no seu devido lugar”, afirmou o vereador Cícero Martins (PTB).

Texto: Junior Martins
Fotos: Elpídio Júnio

Amiga de Henrique Alves, Izabel gere a Câmara em favor do desleixo

A vereadora Izabel Montenegro (PMDB), presidente da Câmara Municipal de Mossoró e aliada de todas as horas do ex-ministro preso Henrique Alves (PMDB), deve ter esquecido o juramento que fez quando foi empossada vereadora do município: o de transformar a vida do mossoroense em algo melhor. Enquanto se escuta falar do desmando que está ocorrendo com as contas da cidade, Izabel prefere sugeri um gasto a mais para erguer o prédio da Câmara Municipal, muito luxuoso, aliás.

Até agora não se conhece nenhum projeto da vereadora Izabel no ano de 2017. Ao que tudo indica ela parou no tempo para, e somente para, satisfazer o gosto da prefeita Rosalba. Enquanto isso a cidade segue em um abismo sem fim, onde a saúde está um caos e a segurança já é considerada a nona pior do Brasil.

izabel-montenegro-500x330

Contas da Prefeitura de Mossoró estão desequilibradas e divida só cresce

A prefeita Rosalba Ciarlini está lidando mês a mês com um problema que está se tornando uma grande bola de neve com consequências imprevisíveis a curto prazo.Uma coisa é certa, a bomba vai explodir.

O município está com suas contas totalmente desequilibradas. O fato, por si só, não é uma novidade. O detalhe é que Rosalba está escondendo da população a informação correta sobre as finanças do município. O quadro é grave e o município está com o sinal amarelo ligado e piscando.

Por mais de uma vez esse ano, o município teve que recorrer a medidas complexas para conseguir, no apagar das luzes, arranjar dinheiro para pagar a folha do mês.

A cada mês, os diversos fornecedores de serviços ao município estão entrando num jogo do “quem vai sobrar”, onde há muitas cabeças e poucos chapéus. O jogo consiste em escolher sobre quem fica de fora naquele mês, os que receberão apenas uma fatia e os que serão beneficiados.

O mais grave é que no começo o jogo envolvia apenas os fornecedores de serviços não essenciais, agora a roleta russa já envolve as despesas com medicamentos, médicos, hospitais, entre outros serviços de primeira necessidade.

Há relatos estarrecedores dentro das unidades de saúde sobre a falta de materiais básicos. Existem situações em que os próprios servidores da UBS estão bancando até o papel higiênico. Os pacientes precisam bancar insumos básicos pela falta em estoque.

A previsão é que neste muito breve a bomba exploda. Com o bloqueio de R$ 3,4 milhões de reais decretado hoje pela Justiça, não vai sobrar dinheiro sequer para o jogo da roleta russa.

Muitos fornecedores estão sem fôlego para suportar o atraso nos pagamentos que é cada vez mais crescente. Há uma desconfiança que os problemas vão se agravar. Com a perda da confiança é provpavel que o município passe a se deparar com boicotes no fornecimento. Não demora para as cobranças chegarem na mídia.

E o que é mais grave nesse momento, é que existe um sério risco de Rosalba não conseguir pagar a folha de pessoal em dia. “A cada mês tem sido um dilema juntar o dinheiro da folha, chega o dia do pagamento e o município fica torcendo para entrar algum dinheiro suficiente para quitar a folha”, relatou ao blog um servidor com acesso aos dados da secretaria de Administração.

Enquanto isso, a prefeita Rosalba Ciarlini tenta passar uma imagem que a Prefeitura está com tudo sob controle. Temendo arranhões na sua imagem junto ao eleitor local, ela prefere que as notícias do desequilíbrio nas contas não chegem na mídia e nem ao conhecimento da população.

O problema é que Rosalba não conseguiu fazer o dever de casa. Embora a arrecadação municipal tenha aumentando em relação ao ano passado, a falta de controle nas despesas estão fazendo com que a bola de neve cresça a cada mês. Aos poucos está se tornando uma avalanche. (Por Neto Queiroz – www.netoqueiroz.com.br)

img_2703-600x330

 

Veja também