segunda-feira, 23 outubro, 2017.
Sem categoria

Sem categoria

Institutos apontam alta desaprovação do governo Robinson em Natal e Mossoró

O (Des) Governo Robinson Faria (PSD) não está sendo visto com bons olhos pelo eleitor potiguar.

De acordo com o Instituto Certus, em Natal, a rejeição ao Robinson é de 29,04%.

Em Mossoró, a rejeição de Robinson chega a ser mais que o dobro que em Natal, de 72%, segundo Instituto Gama.

Os números retratam a insatisfação com o governo que não conseguiu avançar em nenhuma área, mas que peca principalmente na segurança e saúde pública.

Enquanto os norte-riograndenses morrem nos corredores dos hospitais ou são vítimas da violência, o (des) governador comemora o aniversário da esposa na Europa às custas do dinheiro público.

WhatsApp Image 2017-10-19 at 13.55.48

Salários de servidores atrasados, ameaça de privatização da CAERN e UERN e o envolvimento em casos de corrupção são fatores que contribuem para a desaprovação de Robinson, que dificilmente sairá candidato à reeleição em 2018.

 

 

Prefeitura de Natal publica Nota Oficial sobre pagamento de multas por cartão

Em atendimento a resolução número 697, de 10 de outubro de 2017 do Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN), que permite o parcelamento de multas de trânsito por meio de operadoras, e subadquirentes de cartões, a Secretaria de Mobilidade Urbana esclarece que na próxima semana será publicado no Diário Oficial do Município – e em jornal de grande circulação no país – um chamamento público para habilitar as empresas financeiras para oferecer a alternativa de pagamento por cartão para quitação de multas por infração de trânsito.

A expectativa é de que todas as medidas de adaptação da resolução do CONTRAN ao Município sejam anunciadas logo após o Chamamento Público.

Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana

Natal, 19 de outubro de 2017

Servidores públicos do RN irão debater pacote de medidas do Governo do Estado

O Fórum dos Servidores Públicos do Estado do Rio Grande do Norte agendou para às 15h desta quinta-feira, 19, no auditório do SINDFERN (Sindicato dos auditores fiscais do RN), em Natal, uma reunião para debater as propostas do Governo e organizar uma reação dos/as trabalhadores/as às medidas apresentadas pelo Vice-governador.

O Deputado estadual Fernando Mineiro (PT), fará a análise dos projetos do Governo na reunião dos dirigentes sindicais.

O governo Robinson Faria (PSD) retomou as negociações com a Assembleia Legislativa (AL) para a aprovação de um pacote de medidas de ajuste fiscal que penaliza em cheio o funcionalismo público e agrava a situação de serviços importantes para a população mais pobre, como educação, saúde e segurança.

O Vice-governador Fábio Dantas (PCdoB) apresentou à AL, a mensagem Nº 151/2017 que contem cerca de 9 medidas econômicas e fiscais, dentre elas, o aumento da alíquota de contribuição previdenciária dos servidores de 11% para 14%.

Fábio Dantas ainda propôs que a Assembleia retome um projeto que tramita na casa sobre a criação da Previdência complementar, uma clara proposta de privatização da previdência estadual.

Sinte/RN

Especialista diz que IPERN foi saqueado em mais de R$ 1 bi por Rosalba e Robinson

O (Des) Governador do Estado do Rio Grande do Norte, Robinson Faria, está propondo um aumento na contribuição previdenciária dos servidores estaduais com o objetivo de sanar o rombo que é mais uma herança maldita de Rosalba Ciarlini para os potiguares.

De acordo com o assessor jurídico da previdência, Nereu Linhares, em entrevista ao Bom Dia  RN, a crise começou no governo Rosalba. “De 2011 pra cá, o IPERN foi saqueado. Assumiu uma gestão que não sabe o que é previdência e tornou a previdência o que ela é”.

Ainda segundo Nereu Linhares a estratégia do governo não irá resolver o problema da previdência. “O problema da previdência está em uma má gestão generalizada”.

Juntos, Rosalba e Robinson sacaram mais de R$ 1 bilhão de reais, que era a reserva do IPERN, e agora o que se propõe é que o servidor pague a conta pela segunda vez, já que o dinheiro sacado foi contribuição do servidor.

Gestão Rosalba Ciarlini processa presidente do Sindicato

O município de Mossoró está processando judicialmente a professora Marleide Cunha, presidente do Sindicato dos Servidores Públicos de Mossoró (Sindserpum).

Segundo Marleide, para sua surpresa, desta vez, o processo foi movido contra a pessoa física, a cidadã, e não contra o sindicato ou a presidente, na tentativa de intimidá-la.

Em um vídeo publicado pelo Sindicato, a presidente faz, mais uma vez, graves acusações de perseguição, assédio e intimidação que os servidores sofrem por parte da gestão Rosalba Ciarlini.

“Não vão me intimidar. Não vão me amordaçar. Não vão me calar. A minha voz é a voz do servidor que está silenciada lá no local de trabalho e que não pode ser ecoada”.

Marleide também mandou um recado para Rosalba. “Da próxima vez processe a presidente do sindocato porque a pessoa, a cidadã Marleide Cunha, não existe nenhum motivo para ser processada”.

Veja também