Deputado potiguar se diz “constrangido” em ir para a Assembleia de tornozeleira eletrônica

O deputado estadual Dison Lisboa já está de volta à Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, após a condenação a cinco anos e oito meses de prisão, que cumpre no regime semiaberto, usando tornozeleira eletrônica.
O deputado disse que existe um constrangimento mas que está com a consciência tranquila e que confia na justiça.
Ele foi condenado por apropriação de bens ou rendas públicas, ou desviá-los em proveito próprio ou alheio, quando era prefeito de Goianinha. No dia 01 de julho, ele foi preso, ficando detido no quartel do Comando Geral da Polícia Militar, mas deixou a unidade três dias depois, para o cumprimento da sentença por meio de tornozeleira eletrônica.
Essa é a primeira vez na história que um preso condenado no regime semiaberto e usando tornozeleira eletrônica exerce mandato na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte.

Deixe uma resposta