Sem condições de trabalho e salários atrasados PMs não saem dos quartéis nesta terça

A maior parte dos policiais militares do Rio Grande do Norte não saíram dos quartéis na manhã desta terça-feira, 19.

Os policiais alegam a falta de condições de trabalho, em um cenário de falta de armamentos, coletes, problemas de comunicação, agravada pelo atraso dos salários do mês de novembro, e a falta de perspectiva de pagamento do 13º salário e do mês de dezembro.

A adesão é de 60% do efetivo, o que deve aumentar nesta quarta-feira, com a adesão dos oficiais.

 

Deixe uma resposta