Técnicos da UERN dão ultimato ao governador Robinson Faria

Os servidores técnicos da UERN decidiram nesta segunda-feira, 13, dar mais um prazo para o governador Robinson Faria cumprir as promessas feitas ainda em 2015, e que colocaram fim à greve da categoria.

Além do pagamento dos salários em dia, os servidores querem a incorporação do auxílio-transporte, concedido em 2015 (com a promessa de que seria incorporado ao salário em 2016); a implantação do Plano de Cargos da categoria e a lei que regulamenta o auxílio-saúde, que já é concedido aos servidores.

O prazo dado pelos técnicos da instituição é de que, até 30 de novembro, os projetos sejam encaminhados à Assembleia Legislativa. A categoria também promete fazer pressão junto aos deputados para assegurar os direitos.

Se até a data não houver avanços, a categoria se junta aos professores da instituição, que já paralisaram as atividades, assim como a saúde.

 

Deixe uma resposta