Arte plástica potiguar ilustra anuário do IBGE

Obras de 20 artistas plásticos do Rio Grande do Norte farão parte do anuário “Brasil em Números”, produzido pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e considerado o mais importante levantamento sobre os aspectos do país. O anúncio foi feito no último dia 17 em Natal.

Destaque para a capa que traz a reprodução da acrílica sobre tela de “Na bodega de Zé de Deus”, de Assis Costa, de Currais Novos. Além disso, a página de abertura de cada tema como “população”, “território”, “educação”, “saúde” e “trabalho” corresponde ao trabalho com a respectiva temática.

Ao todo, o projeto contempla alguns dos mais importantes artistas do Estado: Abraham Palatnik, Antônio Diogo, Assis Costa, Assis Marinho, Deusdeth Avelino, Dorian Gray, Fernando Henrique de Oliveira, Francisco Iran Dantas, Geicifran Francisco, Iaponi Araújo, Iraken Marques, J.Medeiros, César Revoredo, Leopoldo Nelson, Newton Navarro, Tânia Maria de Oliveira, Thomé Soares Filgueira, Vatenor de Oliveira, Wagner de Oliveira, Ziltamir “Manxa” Sebastião. Nomes que há décadas levam o nome do RN para o mundo a partir de suas produções.

A 24ª edição do anuário “Brasil em Números”, que comemora os 80 anos do IBGE, abrange informações e análises de diversas áreas do conhecimento como características demográficas e socioeconômicas da população, contas nacionais, atividades agropecuária, industrial, comercial, de serviços, finanças públicas, comércio exterior, ciência e tecnologia e estatísticas básicas de governo. O documento contém ainda artigos de professores, técnicos e pesquisadores.

Com informações da Assecom/RN

Deixe uma resposta