CMN concede cidadania natalense ao empresário Edilson Batista Trindade

Por proposição do vereador Aroldo Alves, a Câmara Municipal de Natal realizou, na quarta-feira (16), uma sessão solene para entrega do Título de Cidadão Natalense ao empresário Edilson Batista Trindade, administrador da Clan, uma das mais tradicionais indústrias do Rio Grande do Norte. A solenidade foi prestigiada por lideranças políticas, empresários, amigos e familiares do homenageado.

“Ele veio do município de Pedro Avelino e aqui ficou, amou e continuou amando a capital potiguar que o recebeu de braços abertos. O empreendedorismo e a visão de futuro são fatores que, para mim, mais marcam a história de Edilson Batista. Seu trabalho está presente em todos recantos do nosso estado, destacando-se no ramo de laticínios, concebendo produtos de alta qualidade que orgulham o RN”, destacou o vereador Aroldo Alves.

Também presente na solenidade, o presidente da Casa, vereador Raniere Barbosa, ressaltou a contribuição do homenageado para o desenvolvimento econômico e social. “São muitos empregos gerados, oportunidades para as famílias e tributos para o poder público. Portanto, nada mais justo que celebrar a biografia de um cidadão que presta relevantes serviços para a sociedade”.

O presidente da Fiern, Amaro Sales de Araújo, afirmou que a Clan é um símbolo de sucesso da indústria potiguar. “Falar em economia do Rio Grande do Norte ou falar do setor de laticínios sem lembrar do nome de Edilson Batista é o mesmo que cometer uma gafe. Então, temos que reconhecer quem ajuda a melhorar a vida das pessoas. O Legislativo natalense está de parabéns pela iniciativa”, pontuou.

Ao fazer uso da palavra, Edilson Batista agradeceu ao Parlamento Municipal pela oportunidade de se tornar oficialmente natalense. “Estou diante de uma noite muito especial, que ficará marcada para sempre na minha memória. Deixo aqui meus sinceros sentimentos de gratidão pelo carinho e apreço que recebi na Casa do Povo. Tudo isso serve de incentivo para continuarmos lutando pelo crescimento da nossa terra. Muito obrigado!”.

Texto: Junior Martins
Fotos: Verônica Macedo

Deixe uma resposta