Juiz arquiva ação de Rosalba contra educadora

A intenção da prefeita Rosalba Ciarlini (PP) de calar a educadora Geruza Rego Morais, através de uma interpelação judicial, não logrou êxito na justiça. O juiz que foi designado para o caso arquivou a “denúncia”, deixando claro que a livre manifestação intelectual não será coagida.

Rosalba havia ingressado com uma interpelação contra Geruza por conta de um vídeo que viralizou nas redes sociais, obtendo, só neste portal, mais de 100 mil visualizações. No vídeo, Geruza faz duras críticas a prefeita Rosalba, mostrando os fatos corriqueiros da cidade como insegurança, saúde precária e falta de investimentos em todas as áreas. Por conta disso, Rosalba ainda interpelou o portal RN Mais por ter propagado o vídeo, também sem sucesso.

Antes de Geruza, a professora Marleide Cunha, presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Mossoró (SINDISERPUM), também já havia sido processada por opiniões feitas em um vídeo, onde se opunha a maneira pela qual a prefeita Rosalba Ciarlini gere o município.

Rosalba também processou o ex-prefeito Francisco José Jr., que em momento algum é citado no vídeo de Geruza. Em contato com o portal RN Mais, o ex-prefeito disse que foi surpreendido com o processo, tendo em vista que não tem nenhum elo de amizade ou aproximação com Geruza. Ele se mostrou preocupado pelo fato de que ninguém mais poderá compartilhar de um vídeo em suas redes sociais com “medo” de um processo oriundo da autoridade máxima do município. “Se a prefeita está processando até as professoras de Mossoró, o que dirá do resto”, lamenta Francisco José Jr.

O processo foi arquivado e teve seu encerramento em definitivo.

Deixe uma resposta