quarta-feira, 23 Maio, 2018.
Mossoró

Mossoró

Vereador denuncia falta de transporte escolar na zona rural de Mossoró

O vereador Rondinelli Carlos utilizou suas redes sociais para cobrar da Prefeitura de Mossoró maior atenção ao transporte escolar na zona rural. De acordo com ele “Fomos procurados e informados pelos estudantes e os seus responsáveis, sobre a inexistência na regularidade do transporte escolar para a Escola Municipal José Gonçalves, localizada na comunidade rural São João da Várzea.

São mais de 50 crianças e adolescentes oriundas das comunidades rurais da Picada I e II, Macambira, Panela do Amaro e Passagem do Rio, que estão levando faltas escolares por falta do ônibus. Durante a sessão ordinária da Câmara Municipal cobrei do Executivo Municipal a garantia da segurança e qualidade ao transporte dos estudantes. É um direito deles e um dever nosso fiscalizar”.

Essa é apenas mais uma cobrança de vereador ao governo Rosalba, em uma nítida mostra que o legislativo não está sendo ouvido pela prefeita. Já se tornaram públicas as cobranças dos edis quanto aos inúmeros problemas vivenciados na cidade.

Barraqueiros poderão ser isentos das taxas no Cidade Junina

No que depender da Câmara Municipal de Mossoró, os pequenos barraqueiros que atuam no Mossoró Cidade Junina estarão isentos do pagamento das taxas.

Os vereadores aprovaram, na sessão dessa quarta-feira, 26, Projeto de Lei de autoria da vereadora Izabel Montenegro (PMDB), que isenta da cobrança de taxas ou qualquer outro tipo de preço público para comerciantes de pequeno porte durante o Mossoró Cidade Junina.

O objetivo do projeto é beneficiar os barraqueiros e ambulantes que aproveitam os festejos juninos como uma oportunidade de negócio. A isenção visa instituir o caráter social na ocupação e exploração comercial da festa junina no município, como forma de garantir a expansão de emprego e renda.

A vereadora Izabel Montenegro, autora do projeto, destaca a importância do Cidade Junina não apenas do ponto de vista cultural, mas também econômico. “O Mossoró Cidade Junina é patrimônio da população mossoroense e ganhou proporções grandiosas que vão além da cultura, gerando impactos significativos na economia local, especialmente na rede hoteleira e no comércio em geral. Precisamos incentivar os pequenos comerciantes que aproveitam este período para ter maior lucratividade, garantindo a isenção de taxas, já que são exatamente esses comerciantes que possuem menores condições de investimentos”, afirmou.

O projeto ainda depende da sanção da prefeita Rosalba Ciarlini.

Prefeitura de Mossoró fará redução no Samu a partir do dia 01

A prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini, dá mais um indício de que a saú‎de não é uma de suas prioridades na atual gestão.

A partir do dia 01 de maio o Samu Mossoró terá seu efetivo reduzido. Serão somente duas ambulâncias e terá redução no número de técnicos de enfermagem e socorristas.

O motivo: contenção de gastos.

São centenas de vidas que a Prefeitura de Mossoró coloca em risco ao tirar recursos de áreas essenciais como o Samu.

Prefeita visita Pam que ela fechou serviços

A prefeita Rosalba visitou na manhã de hoje o Centro Clínico Vingt-Un Rosado, o PAM do Bom Jardim.

De acordo com a assessoria, foi ver em loco a realidade do local.

Esta é a segunda visita que Rosalba faz no local para conhecer a realidade na atual gestão.

Em seus quase cinco meses de gestão, Rosalba fechou alguns serviços do Pam, como os atendimentos aos sábados e algumas especialidades. Rosalba também não deu continuidade a pequenas cirurgias que eram realizadas no local.

Vereadores começam a perder a paciência com Rosalba e seus buracos

Local onde foi passado asfalto pela Prefeitura a menos de 15 dias já começa a se abrir

Depois de ter feito foto e publicado em todas as mídias sociais que havia resolvido os problemas dos buracos de Mossoró, a prefeita Rosalba começa a enfrentar um inferno astral. É que nem os serviços básicos estão conseguindo ser feitos a contento.

Uma visão muito fácil disso é ir até o Conjunto Abolição 3. Lá, a prefeita visitou, disse que iria resolver os buracos que lá se encontravam e passou a camada de asfalto que foi desfeita em 1 semana, sendo motivo de deboches nas redes sociais, que o apelidaram de “asfalto sorrisal”, ou seja, que na primeira chuva se desmancha.

Tendo em vista essa problemática e os avanços dos buracos, ainda mais abertos, o vereador Flávio Tácito cobrou a realização dos serviços. Novamente, acreditamos.

AtuacaoParlamentarFlavioTacito

Outros vereadores, mesmo da base de apoio, já tem perdido a paciência com tanto pedido  para se tapar buraco em Mossoró. Nos gabinetes, 95% das requisições advém de lixo ou buraco.

A Prefeitura se mantém na ótica do retrovisor há quase 4 meses e não mostra nada de efetivo em suas ações.

Veja também

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com