Eleição da Câmara é o primeiro passo para rompimento de Sandra Rosado

 

Toda Mossoró sabe que a reaproximação entre Sandra Rosado (PSB) e seu primo Carlos Augusto Rosado, através da eleição da prefeita eleita Rosalba Ciarlini (PP), nunca passou de jogo de cena. Nas redes sociais, muitos apostaram que o grupo não comeriam a ceia de natal juntos, mas há os que acreditem que o teatro segue até o Mossoró Cidade Junina.

A primeira crise já começou quando Carlos Augusto indicou Izabel Montenegro (PMDB) como candidata do grupo à presidência da Câmara. Sandra espera dar uma guinada e conseguir apoios para derrotar a concorrente, além de tirar apoios de Alex do Frango (PMB) que já tem 11 votos, número suficiente para elegê-lo.

Carlos já começou a anunciar o secretariado do governo da prefeita figurativa Rosalba, mas até o momento não citou o filho de Sandra, atual vereador Lairinho Rosado (PSB). Diziam que ele seria secretário de Comunicação, mas a pasta já foi anunciada para a fiel escudeira da Rosa, jornalista Aglair Abreu. Além disso, as principais secretarias já foram ocupadas, sobrando para ele as menos visíveis ou de pouca resolutividade.

O fator seguinte que obrigará o grupo a se despedaçar novamente será a ausência de recursos para o conglomerado de Comunicação da família de Sandra. Com salários atrasados, dívidas antigas e receita capengando, Carlos terá muita dificuldade de bancar a mídia nos primeiros meses de gestão. Isso, com certeza, será a gota de água.

Deixe uma resposta